sexta-feira, 20 de julho de 2012

Lá estamos nós com a mania das aparências

O nosso Presidente veio dizer-nos que neste momento somos um país respeitado. Oh pelo amor de Deus! De que adianta sermos "um país respeitado" se somos também um País mais pobre, mais triste, mais descrente?
É mais ou menos como ter uma maçã grande e vermelha por fora e toda podre por dentro. Eu quero é que o respeito que nos têm, se amole. Eu quero é ver jovens a quererem ficar por cá e a não colocarem a hipótese de se irem embora porque já não acreditam que podem ser felizes aqui. Serve de muito que nos respeitem se nós próprios já não respeitamos quem nos representa e governa. 
E depois vêm falar da recuperação de credibilidade? Haja paciência. 

2 comentários:

Briseis disse...

É, mais uma vez, o parecer a valer mais do que o ser.

fabi mourinho disse...

Briseis...é isso. Infelizmente hoje olha-se mais à "casca"