domingo, 31 de janeiro de 2010

Há dias assim


Há dias que amanhecem sem beleza. Hoje o dia amanheceu assim. Quando abri os olhos, acordada pelo (terrível?) despertador, apeteceu-me, com muita força, desistir...ficar na cama o dia inteiro, a dormir um sono que me fizesse esquecer de como por vezes, é difícil enfrentar a nossa verdade e a nossa fragilidade.
Mas eu não queria, na verdade, desistir nem esquecer-me de como é difícil... O que eu queria, o que eu desejava ardentemente (porque é tão fácil perdermo-nos de nós próprios) era encontrar-me.
E num dia que tinha tudo para ser parecido (ou talvez pior) a tantos outros dias, fez-se luz aqui dentro.
E eu encontrei-me de novo.
Há dias que amanhecem sem beleza para que, ao terminarem, possamos sentir-nos gratos pela forma genial que Deus tem de nos surpreender.
Hoje, o dia termina assim.

4 comentários:

B disse...

"quando te fazes à estrada, nunca sabes onde os teus pés te vão levar." (por incrível que pareça, é uma frase do Senhor dos Anéis)lol

Inês disse...

Concordo plenamente. Se todos os dias nos parecessem belos quando acordamos, se calhar não daríamos a devida importância às coisas que neles aconteceriam, ao que realmente tem beleza.
Gostei muito Fabi =)

Fabi disse...

B...ainda bem que não sabemos. O que mais me fascina na vida é o seu lado surpreendente =)

Inês...obrigada =)

Olhos Dourados disse...

Há dias assim.