terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Saudades de mim

Ando perdida. Acontece-me às vezes. A minha orientação espacial nunca foi grande coisa e se calhar é por isso. Dei por mim a pensar que tenho saudades de mim. Saudades daquilo que sou realmente e que não tenho conseguido ser por inúmeras razões. Crescer é estúpido. Acho que crescer devia aproximar-nos daquilo que somos, mas na verdade, tem o efeito contrário. Pelo menos em mim tem. 
Tenho saudades de sonhar sem pesadelos. Saudades de acreditar nas coisas e nas pessoas com simplicidade. Saudades de ter a certeza que a vida é maravilhosa sempre...até quando não é tão maravilhosa assim. Saudades de ter tempo para chorar comovida com uma música bonita. Saudades de me apetecer sair sem hora para chegar. Tenho saudades caramba...daquilo que eu sei que sou mas que já não consigo nem sei bem porquê.

6 comentários:

Ana disse...

Não há nada melhor do que tentares encontrar-te novamente para estares bem...tu és forte, Fabi :D

B disse...

É uma fase, minha querida... há alturas assim... e às vezes demoram um bocado a ir embora. Faz coisas que gostas. Desliga a tv quando falam em desgraças. Não acredites em tudo o que ouves. Ri sempre. Ri mais do que o normal. Vira costas e dá indiferença a quem não te faz bem. Vais ver que te sentes mais segura!

Fabi disse...

B...vou seguir as dicas. Obrigada =)

Fabi disse...

Ana é isso que tento fazer =)

Márcia disse...

Também tenho saudades da minha Fabi que está tão distante:( Mas tenho esperança de ter ela de volta. E rápido:) Love You****

Fabi disse...

Eu também querida...acredita