segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Pois é

Já estamos em 2011. Dois mil e onze anos depois cá estamos nós. Depois do primeiro Natal, aqui nos encontramos neste mundinho estranho onde o pessoal anda todo meio baralhado em relação ao que faz por estes lados. Isso, claro, na melhor das hipóteses...porque há também quem nem pense no assunto. Anda aqui porque sim. Não se preocupa muito em perceber o motivo. Calhou. 

Nós, os do Ocidente, somos extremamente civilizados e avançados e senhores das nossas vidas.Por isso, é que dois mil e onze anos depois, o Ocidente acha-se capaz de tomar as rédeas sozinho. Chegamos por isso a este lugar maravilhoso onde tudo acontece porque o engenho humano faz tudo acontecer. 
E assim é. À beira do abismo, continuamos orgulhosa e estupidamente sós. 

Deus?...Deus, para quê?

3 comentários:

B disse...

Puxa... há temas mais reluzentes e optimistas para publicar num início de ano e após tão prolongada ausência... mas melhores dias virão! Um beijinho

Fabi disse...

B...a verdade é que não tenho visto o mundo com muito optimismo ultimamente...mas talvez tenhas razão...isto não é nada animador para começar o ano...=)

Ana disse...

excelente 1º post de 2011...lol
O optimismo voltará, linda =)
Beijinho*